Ligados pela saúde
Multivitamínicos

Multivitamínicos – Os superpoderes das vitaminas

A prática de uma alimentação saudável tem o objetivo de assegurar o fornecimento de energia, água e nutrientes necessários ao ser humano. Isto implica que todos os dias deveria haver a ingestão de um ou mais alimentos dos vários grupos alimentares, para termos os nutrientes essenciais à nossa saúde. Esta necessidade de calorias, de macronutrientes e de micronutrientes podem variar com a idade: crianças, adultos e idosos. Na teoria uma alimentação variada e rica dispensaria a necessidade de multivitamínicos ou suplementos alimentares. Mas, na prática pode fazer todo o sentido recorrer à toma de suplementos com minerais e vitaminas.

Nutracêuticos

Nutracêuticos, o que são?

Os nutracêuticos são um tipo de suplemento alimentar que contêm na sua composição compostos bioativos extraídos de alimentos e que possuem benefícios para o organismo, podendo, inclusive, ser utilizados como forma de complementar o tratamento para alguma doença.

Alimentos do cabaz IVA 0%

Eu escolho comer bem! Com os alimentos do cabaz IVA 0%

A Secretaria de Estado da Promoção da Saúde e o Programa Nacional de Promoção da Alimentação Saudável da Direção-Geral da Saúde divulgaram um guia sobre os grupos alimentares e uma alimentação saudável no âmbito da entrada em vigor do cabaz de alimentos com isenção de IVA, procurando apoiar os cidadãos em opções alimentares saudáveis. O guia “Eu escolho comer bem com os alimentos do cabaz IVA 0%” insere-se na campanha de divulgação ao público do novo Programa Nacional de Promoção da Alimentação Saudável, lançada em março.

Mindful Eating

Mindful Eating

O Mindful Eating, ou seja, prestar atenção plena à alimentação, alimento, propósito da refeição, sensações e momento, é uma abordagem individual que se foca na perceção sensorial da experiência que é alimentarmo-nos. Não está de todo relacionada com ingestão calórica ou de macronutrientes, e apesar do seu foco não ser a perda de peso, muitos dos seus praticantes acabam por emagrecer devido a este “despertar de consciência”.

crianças vegetais

Dicas para as crianças comerem mais legumes

É conhecida a importância do consumo de legumes e vegetais para uma alimentação saudável e os seus benefícios para a saúde. Ajudando na prevenção de diversas doenças e numa função intestinal saudável, uma vez que, são ricos em fibras, vitaminas e minerais e apresentam elementos fitoquímicos. A introdução deste tipo de alimentos na rotina diária das refeições das crianças pode tornar-se um desafio e muitas vezes gerar recusa alimentar, desta forma o presente artigo fornece algumas dicas que possibilitam uma maior facilidade nesta introdução alimentar.

Sistema Imunitário

Sistema Imunitário

No Outono e no Inverno, quando as temperaturas começam a descer, começa a chover e se acentuam as diferenças entre o ambiente exterior e interior, é habitual começarem a surgir as gripes, constipações, infeções crónicas, alergias, que afetam tanto adultos como crianças. Para as evitar, é importante que o sistema imunitário se encontre a cem porcento. As vacinas podem ajudar e alguns alimentos reforçam o sistema imunitário. O stress, álcool, tabaco e sedentarismo enfraquecem-no, daí a importância de adotar também um estilo de vida saudável.