Ligados pela saúde
WhatsApp Icon

Fale connosco
por WhatsApp

939670069

Plano Nacional de Vacinação

“As vacinas são para a vida”.

A vacinação é das formas mais eficazes de prevenir doenças infeciosas. Segundo a Organização Mundial de Saúde são impedidas cerca de 2 a 3 milhões de mortes anuais face a doenças como o Sarampo, o Tétano e a Tosse Convulsa.
O Programa Nacional de Vacinação tem como objetivo vacinar o maior número de pessoas, com as vacinas mais adequadas, o mais cedo possível. Foi criado em 1965 e promove a proteção individual bem como a Saúde Pública.

Este Programa prevê várias alturas de vacinação, desde o nascimento e os primeiros meses de vida até aos 5 e 10 anos de idade. Existe também um plano de vacinação para grávidas e o reforço, em doses reduzidas, da dose da vacina contra o tétano e difteria aos 25, 45 e 65 anos e, depois, de 10 em 10 anos.

Às grávidas é disponibilizada vacinação contra o tétano, a difteria e a tosse convulsa, em doses reduzidas, a cada gravidez.
No caso da vacinação contra o Vírus do Papiloma Humano, apenas está englobada neste Programa a vacinação a jovens do sexo feminino partir dos 9 anos de idade. Está também a ser estudada a possibilidade de estender a vacinação aos jovens do sexo masculino.

Para além das vacinas incluídas no Programa Nacional de Vacinação existem algumas vacinas recomendadas pelos pediatras pelos seus efeitos benéficos de proteção.

Vacina contra a Varicela:
Esta vacina é administrada entre os 12 meses e os 12 anos, em duas doses com um intervalo de 30 dias. Apesar de benigna, a varicela é contagiosa, frequente na infância e é provocada pelo Vírus da Varicela-Zóster.

Vacina contra a Hepatite A:
Administrada a partir dos 12 meses, esta vacina é repartida em duas doses com um intervalo de 6 a 12 meses. Apesar de normalmente benigna na infância, a infeção por este vírus pode causar hepatite aguda.

Vacina contra a doença pneumo-cócica:
Com uma toma recomendada a partir dos 2 meses de vida e dividida entre uma a quatro doses, esta vacina previne contra a pneumonia e meningite bacteriana.

Vacina contra Rotavírus:
Vacinação entre as 6 e as 32 semanas, envolve 3 tomas e previne contra a gastroenterite aguda bastante comum nas crianças.

Vacina contra a Gripe:
Recomendada e gratuita para maiores de 65 anos, doentes crónicos, imunodeprimidos, crianças com 6 ou mais meses de idade, grávidas, profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados de saúde.

Informe-se com o seu farmacêutico D+Vida!